top of page
  • Foto do escritorAutomobilize-se

Brasileiro Augusto Farfus vence no Campeonato Mundial de Endurance

Piloto da WRT faz prova impecável e conquista primeira vitória do ano na classe LMGT3. Pela Hypercar, deu Toyota, com Kamui Kobayashi segurando o ímpeto de Kévin Estré no fim


Teve vitória brasileira nas 6 Horas de Ímola, segunda etapa do Campeonato Mundial de Endurance (WEC), realizada neste domingo (21) no Autódromo Enzo e Dino Ferrari. O brasileiro Augusto Farfus, pilotando um dos BMW M4 da Team WRT, foi o vencedor na categoria GT3 em parceria com o britânico Darren Leung e o indonésio Sean Gelael. O McLaren 750S GT3 número 59, que tem o brasileiro Nicolas Costa, ficou na 11ª posição na LMGT3. A vitória na classificação geral e na classe Hypercar ficou com o trio Mike Conway, Kamui Kobayashi e Nyck de Vries, que largou na sexta posição com o Toyota GR010 Hybrid. 


O tom de imprevisibilidade da prova surgiria logo na primeira volta, na entrada da curva Tamburello, com um acidente envolvendo vários carros, entre eles os Alpine de Charles Milesi e Matthieu Vaxiviere, o BMW de Marco Witmann e o Peugeot de Paul Di Resta.


Na saída do safety car, o trio Nicklas Nielsen, Antonio Giovinazzi e Robert Kubica se consolidou na ponta, confirmando o domínio apresentado pela Ferrari nos treinos e na classificação – assim como o predomínio de Aliaksandr Malykhin e seu Porsche 911 na GT3.


Mas a corrida para a marca italiana começou a desandar faltando 4 horas e 34 minutos, quando o carro 83 então guiado por Kubica, que de acordo com a direção de prova não teria respeitado os procedimentos de bandeira amarela na pista. A prova passou a ser liderada por Antonio Giovinazzi (51), Laurens Vanthoor (6) e Mike Conway (7).


Enquanto isso, o Lamborghini Huracan Evo2 da Iron Dames, guiado por Sarah Bovy, Doriane Pin e Michelle Gatting, desistiu por problemas eletrônicos. Faltando 4 horas de prova, Valentino Rossi assumiu o posto do BMW M4 para manter a segunda posição na GT3.


Na Hypercar, Laurens Vanthoor (6) e Mike Conway (7) travavam uma bela disputa enquanto Giovinazzi abria quase 15 segundos de diferença. E por mais da metade da prova a marca italiana demonstrava controle da corrida. Até que a chuva se aproximou do circuito.


Apostando que seria uma garoa passageira, a Ferrari AF Corse decidiu manter os pneus para pista seca para o espanhol Miguel Molina (50) e o britânico James Calado (51), então os ponteiros das 6 Horas de Ímola. Foi o erro fatal da equipe, que poucos minutos depois se desesperou com a chegada da chuva mais forte e viu seus pilotos escorregarem na pista.


Logo depois ambos pararam para a troca de pneus de chuva, mas era tarde: o Toyota número 7 assumiria para não perder mais. O francês Kévin Estre e seu Porsche 963 até chegou a ameaçar a liderança da Toyota Gazoo Racing, mas o japonês Kamui Kobayashi mostrou experiência na defesa da posição e cruzou a linha de chegada em primeiro.


Na GT3, Farfus e Maxime Martin protagonizaram uma acirrada disputa, até que o belga cometeu um erro e facilitou a ultrapassagem do brasileiro, que assumiu a ponta para emplacar a primeira vitória da temporada.


“Foi uma corrida sensacional, uma execução sensacional da equipe. Não tínhamos o carro mais rápido no seco, mas vimos que tínhamos chances de chegar entre os três primeiros. Foi extremamente difícil em função da indefinição da chuva nas últimas duas horas de corrida. Nossos dois carros foram os únicos que ficaram na pista com pneus slick. Isso acabou dando uma vantagem, mas também nos colocou em uma posição mais arriscada, porque a chuva poderia aumentar a qualquer momento e aí a gente ia se complicar. A chuva veio e soubemos usá-la de forma inteligente. Uma vitória realmente importante para o campeonato”, declarou o piloto do carro 31 da Team WRT.


Nicolas Costa e seus companheiros da United Autosports terminaram na 11ª colocação, mas o brasileiro viu melhoras em seu McLaren 720S LMGT3 Evo. “Foi uma corrida de altos e baixos. Estávamos com um ritmo ótimo, mas um pneu furado nos fez cair de posições. Recuperamos, mas depois de um safety car caímos de novo. Teríamos chegado em quinto, não fosse isso. Faltou sorte, mas o potencial está aí, estamos felizes com o desempenho do carro e levamos coisas positivas para a próxima etapa”, avalia o brasileiro.


A terceira etapa do FIA WEC será a 6 Horas de Spa-Francorchamps, na Bélgica, no dia 11 de maio.


Resultado Top-10 6 Horas de Ímola (LMGT3)

1º Augusto Farfus (BRA) / Darren Leung (GBR) / Sean Gelael (IDN) - BMW M4 GT3 #31, Team WRT (6:01:53.337)

2º Ahmad Al Marthy (OMA) / Valentino Rossi (ITA) / Maxime Martin (BEL) - BMW M4 GT3 #46, Team WRT (6:02:16.175)

3º Aliaksandr Malykhin (KNA) / Joel Sturm (ALE) / Klaus Bachler (AUT) - Porsche 911 GT3 R #92, Manthey PureRxcing (6:01:04.754)

4º Francois Heriau (FRA) / Simon Mann (EUA) / Alessio Rovera (ITA) - Ferrari 296 GT3 #55, Vista AF Corse (6:02:12.279)

5º Ian James (EUA) / Daniel Mancinelli (ITA) / Alex Riberas (ESP) - Aston Martin Vantage AMR GT3 #27, Heart of Racing Team (6:00:35.211)

6º Joshua Caygill (GBR) / Nicolas Pino (CHL) / Marino Sato (JAP) - McLaren 720S GT3 Evo #95, United Autosports (6:00:57.806)

7º Tom Van Rompuy (BEL) / Rui Andrade (AGO) / Charlie Eastwood (IRL) - Corvette Z06 GT3.R #81, TF Sport (6:01:02.676)

8º Hiroshi Kolzumi (JAP) / Sébastien Baud (SUI) / Daniel Juncadella (ESP) - Corvette Z06 LMGT3.R #82, TF Sport (6:01:20.952)

9º Ryan Hardwick (EUA) / Zacharie Robichon (CAN) / Benjamin Barker (GBR) - Ford Mustang GT3 #77, Proton Competition (6:01:21.644)

10º Clement Mateu (FRA) / Erwan Bastard (FRA) / Marco Sorsensen (DIN) - Aston Martin Vantage AMR GT3 #777, D'Station Racing (6:01:30.483)


Resultado Top-10 6 Horas de Ímola (Hypercar)

1º Mike Conway (GBR) / Kamui Kobayashi (JAP) / Nyck de Vries (HOL) - Toyota GR010 Hybrid #7, Toyota Gazoo Racing (6:00.34.717)

2º Kévin Estre (FRA) / André Lotterer (ALE) / Laurens Vanthoor (BEL) - Porsche 963 #6, Porsche Penske Motorsport (6:00:41.798)

3º Matt Campbell (AUS) / Michael Christensen (DIN) / Frederic Makowiecki (FRA) - Porsche 963 #5, Porsche Penske Motorsport (6:01:00.343)

4º Antonio Fuoco (ITA) / Miguel Molina (ESP) / Nicklas Nielsen (DIN) - Ferrari 499P #50, Ferrari AF Corse (6:01:06.186)

5º Sébastien Buemi (SUI) / Brendon Hartley (NZL) / Ryo Hirakawa (JAP) - Toyota GR010 Hybrid #8, Toyota Gazoo Racing (6:01:08.494)

6º Sheldon Van Der Linde (ZAF) / Robin Frijns (NLD) / René Rast (DEU) - BMW M Hybrid V8 #20, BMW M Team WRT (6:00:47.486)

7º Alessandro Pier Guidi (ITA) / James Calado (GBR) / Antonio Giovinazzi (ITA) - Ferrari 499P #51, Ferrari AF Corse (6:01:01.608)

8º Robert Kubica (POL) / Robert Shwartzman (ISR) / Yifei Ye (CHI) - Ferrari 499P #83, AF Corse (6:01:03.390)

9º Mikkel Jensen (DIN) / Nico Müller (SUI) / Jean-Eric Vergne (FRA) / - Peugeot 9X8 #93, PeugeotTotalEnergies (6:00:41.035)

10 º Earl Bamber (NZL) / Alex Lynn (GBR) - Cadillac V-Series.R #2, Cadillac Racing (6:00:55.491)

0 comentário

Comments


Mais notícias

bottom of page