top of page
  • Foto do escritorAutomobilize-se

Stock Car anuncia prova sprint aos sábados e corrida principal nos domingos

Formato oferece mais possibilidade de disputa, maior tempo de competição e amplia o leque de estratégias para pilotos e equipes


Carros de corrida em Interlagos
Aos sábados, corrida Sprint terá 30 minutos de duração (Victor Eleutério/Stock Car)

A primeira etapa da temporada 2024 da Stock Car Pro Series, marcada para os dias dois e três de março, em Goiânia, trará também novidades importantes no formato da competição. Nesta quinta-feira (15), a Vicar, promotora do campeonato, anunciou a manutenção de duas provas no final de semana, mas agora com uma corrida no estilo sprint disputada no sábado e outra, a principal, a ser realizada no domingo. Na prática, a nova fórmula oferece aos fãs dois estilos de prova com algumas nuances que proporcionarão maior variação de estratégias e um tempo de competição também mais amplo.


“Continuaremos tendo 12 eventos, totalizando 24 corridas por ano. Mas o novo regulamento vai adicionar ainda mais alternativas, emoção e entretenimento para todos os envolvidos”, destacou Fernando Julianelli, CEO da Vicar. “A diferença é que, no formato antigo, com as duas provas menores e disputadas ininterruptamente, tínhamos apenas um momento de competição, com menos tempo de pista. A partir de 2024, teremos a prova sprint no sábado com 30 minutos – mesma duração da prova principal do formato anterior – e a corrida do domingo com quase o dobro desse tempo, 50 minutos. Com dois dias diferentes de corrida, vamos oferecer a quem for ao autódromo, e ao telespectador, emoção e diversão em dobro”, completou.

 

Estreia – Novamente com grid cheio e formado pelos melhores pilotos e equipes profissionais do Brasil, a Stock Car estreia seu novo formato no dia dois de março, com a primeira corrida sprint do ano. Será mantida a janela do pit stop obrigatório para troca de pelo menos um pneu, o que tem feito sucesso por adicionar alternativas estratégicas que podem decidir a prova. No domingo, a corrida principal de 50 minutos também terá pit stop obrigatório, mas a troca deverá ser de no mínimo dois pneus.


O classificatório para o grid também passará a ter um novo formato. No sábado, a fase inicial (Q1) verá entrar na pista separadamente dois grupos de 16 carros, que lutarão pelas 20 vagas disponíveis no Q2 (dez selecionados de cada grupo). A seguir, com todos simultaneamente na pista, a segunda fase classificará os oito finalistas que, no Q3, irão definir o pole position. Com os tempos de todos definidos, o grid terá duas versões: com os 12 primeiros colocados invertidos na corrida sprint e a formação original registrada no classificatório valendo para a prova principal.

 

Interação – Sucesso pela conexão que promove entre competidores e público, o fan push da Stock Car poderá ser utilizado nas duas corridas. A quantidade será definida pela Confederação Brasileira de Automobilismo de acordo com cada autódromo, mas o tempo de aplicação da potência extra será menor – em uma combinação que deve promover mais ultrapassagens e reações nas brigas por posição.


“Tecnicamente, esse detalhe tem potencial para gerar batalhas muito intensas, com trocas de posição constantes durante as corridas”, explica Julianelli. “Com o tempo de atuação da potência extra mais curto, os pilotos não vão somente utilizá-lo em retas longas, mas também em pontos de ultrapassagem de espaço mais reduzido – o que vai resultar em muito mais ataques e tentativas de passar quem está na frente. Vai ser emocionante”, detalha o CEO da Vicar.


Uma modificação importante é a redução de quatro para dois descartes de piores resultados em corrida ao longo da temporada. Em outro ajuste para promover mais equilíbrio entre os resultados obtidos na pista e com vistas à disputa do campeonato, a Stock Car também alterou o sistema de pontuação. Agora, ele contempla os 30 primeiros colocados das duas provas, mantendo uma relação que concede valores cerca de 30% maiores para o resultado da corrida principal. “A prova do domingo é a maior e por isso tem um peso equivalente”, justifica Julianelli. “O importante nessas modificações é que cada detalhe que alteramos visa tornar a competição mais justa e, também, oferecer um custo-benefício melhor para pilotos, equipes, patrocinadores e fãs. Estamos confiantes de que essa vai ser mais uma grande temporada”, conclui o CEO.


Confira as novas regras e o calendário da Stock Car:

 

STOCK CAR 2024

12 eventos em rodada dupla. Total de 24 corridas por ano

 

● Corrida Sprint (sábado)

30 minutos

Pit stop: troca de um pneu

 

● Corrida Principal (domingo)

50 minutos

Pit stop: troca de dois pneus

 

● Classificatório

Q1: 2 grupos de 16 carros

Q2: 1 grupo de 20 carros

Q3: 1 grupo de 8 carros

 

● Grid

Sprint: inversão dos 12 primeiros no classificatório

Principal: formação original do classificatório

 

● Fan Push

Mais acionamentos por corrida

Períodos mais curtos de potência extra

 

● Descartes

Duas provas, ao invés de quatro, como em 2023

  

Stock Car Pro Series, temporada 2024, calendário:


Etapa / Data / Local

1ª - 03/03 – Goiânia (GO)

2ª - 24/03 – Velocitta (SP)

3ª - 21/04 – Interlagos (SP)

4ª - 19/05 – Cascavel (PR)

5ª - 30/06 – Velocitta (SP)

6ª - 28/07 – Goiânia (GO)

7ª - 18/08 – Belo Horizonte (MG) *

8ª - 08/09 – Santa Cruz do Sul (RS) *

9ª - 06/10 – Argentina

10ª - 27/10 – Velopark (RS)/Uruguai

11ª - 24/11 – Brasília (DF)

12ª - 15/12 – Interlagos (SP)

0 comentário

コメント


Mais notícias

bottom of page